Blog

0

Corpo em dia

[photopress:beleza_dieta_proteica_de_1_dia_br.jpg,full,centered]

Além da mente sã, e de toda a calmaria necessária para pilotar um kart, pelo menos na ASSEKA (vide posts abaixo), manter o corpo em ordem também é de fundamental importância!

Tudo isso junto e misturado, rende, sem dúvida, excelentes resultados na pista. A jornalista da ASSEKA, Ana Paula Machado, conversou com especialistas em fisioterapia e nutrição e compilou o bate papo na matéria publicada ontem no site.

Respondam: Qual o seu ritual de preparo antes de entrar na pista? O que comem, como se exercitam, etc?! O povo quer saber!

0

Artificial

[photopress:x435.jpg,full,centered]

Nossa, acabei de ler uma matéria no Grande Prêmio sobre a brilhante ideia do Bernie Ecclestone. A da chuva artificial! Bom, seria a cereja do bolo, já que o bolo da F1 tem se tornado cada vez mais artificial.

Conforme corria pelas linhas do texto vinha à mente uma série de fatos que aconteceram no pós primeira etapa. Como de costume, recebi uma porção de e-mails com críticas, pedradas, grosserias, etc., o que me levaram a crer que ideias como a do brilhante Bernie, mesmo que não declaradamente escritas nos e-mails, existem e são defendidas piamente.

Um campeonato que deveria ser justo, deixado ao destino, mais leve, porém correto, claro, CQD, poderá ser como uma luta livre, ou um BBB da vida. Arranjado. Artificial demais.

Tá, e daí panguão?

Então, aviso: o Campeonato ASSEKA de kart amador não virará um bolo artificial, afinal, é um campeonato de kart A-MA-DOR.

Imaginem uma câmera on board em cada um dos pilotos! Um fiscal em cada curva! Um diretor que tudo vê! Câmeras de vídeo espalhadas por toda a pista! Tomada aérea! Replay! Equipe de mecânicos! Ouvidoria! STJD! Etc, etc, etc.

Exagerei, óbvio. Cortem pela metade. Ainda assim parece uma estrutura de um campeonato de kart amador? Take it easy fellas!

O texto do Grande Prêmio me motivou a escrever. É duro ouvir tanta abobrinha e ler tanto lixo. Tenho a impressão de que sou o cara mais errado e injusto do mundo. Nem meu chefe me pressiona tanto quanto alguns pilotos. Tá loco. Ainda se eu ganhasse alguma coisa com isso, vá lá! Ganho o Leão mordendo minha bunda todo começo do ano, fico mais careca, estressado…

Ainda bem que temos o outro lado da moeda. Novos pilotos, galera animada, empolgada, falando bem da ASSEKA, incentivando e elogiando.

Fico realmente feliz com o privilégio de encontrar a pilotada toda, criar coisas novas, aconselhar, ser aconselhado, partilhar da sacanagem com a ViP e refletir na palavra de Deus nos Briefings. Aprendo pacas em todo o evento da ASSEKA.

Talvez, dar mais atenção as coisas boas valha mais a pena.

Faltam 7 dias para a segunda etapa, hehehe.

0

Pesquisa: resultado da promoção

Obrigado as 41 pessoas que participaram e responderam a pesquisa.

Acabei de realizar o sorteio seguindo a tabela abaixo:

[photopress:pesquisa_sorteio.gif,full,centered] [photopress:sorteio_random.org.gif,thumb,alignleft] O sorteado que vai andar de graça no kartódromo Granja Viana é o Ronaldo Lacerda, o número 9 da lista. Parabéns.

Quanto a pesquisa, ainda está disponível, caso alguém queira responder. Acesse https://spreadsheets.google.com/viewform?hl=en&formkey=dE9ZX3BXVXAxa08xMGszREFoUE14ckE6MQ#gid=0.

Mais uma vez, muito obrigado.

0

1ª Etapa – Intenso!

Ah, a primeira etapa. Quase não assisti as corridas. Enquanto 20 pilotos se classificavam, estava organizando os outros 20. Enquanto esses 20 se classificavam, ia à busca da classificação impressa para poder separar os pilotos da Principal e Acesso.

Enquanto organizava quem correria em cada bateria da 85 PRO, SUPER 100 voava na pista. Dessa não vi nada. Só sei que o Rodrigo Ferrara, levou a melhor e venceu, com direito a pole position e volta mais rápida. Começou como no ano passado, vencendo, mas depois, ao longo da temporada, a história não se repetiu. Quem sabe agora!

O atual campeão da categoria, Daniel Mahseredjian, lutava com seu kart na tentativa de prender a bendita da mangueirinha do combustível que teimava em se soltar, mandando ar para dentro do motor. Tomou uma advertência da direção de prova do kartódromo. “Não pode mexer no kart”, disse o diretor via radio. “É norma da casa”, completou. “Pô, mas nunca deram advertência antes por isso”, exclamei surpreendido.

Pois é, nova regra na Granja. Tirou a mão do volante para mexer no kart vai tomar advertência. Conversando com mais calma após a corrida entendi as razões do kartódromo. Em primeiro lugar a segurança do piloto. Imaginem o que poderia ter acontecido se o Daniel enroscasse a mão na corrente ou no pinhão do kart!. Em segundo lugar a preservação de um patrimônio, no caso, o kart. Justo!

Ok. Regra impostas, regra acatada. Em breve no regulamento da ASSEKA.

Os novatos também vieram com tudo. Eram 7 no grid, dos 16. E essa categoria tem tudo para ser tão boa de organizar e assistir quanto a 85 PRO.

Por falar em 85 PRO, essa primeira etapa pegou fogo. Era visível a ansiedade dos pilotos, e minha também, confesso. Fico me perguntando se foi a “pilha” botada dias antes da corrida via mídias sociais, telefonemas, conversas de kartódromo, mudança no formato do campeonato, ou pura vontade dos pilotos de sentar a bota no da direita. Talvez tudo isso junto.

Grids estabelecidos para cada uma das baterias, graças a Deus só nessa primeira etapa, à pista!

Ronaldo Lacerda foi o pole position, seguido por Cristian Peticov, Renan Chedid, Marcel Magalhães e Clóvis Silva, os 5 primeiros.

Alinharam os 25 pilotos da bateria Acesso. Foi bonito de ver o grid montado nas marcas e ocupando metade do retão. Vi a largada por trás dos pilotos, debaixo da passarela. Animal. Ao mesmo tempo bateu um frio na barriga daquela muvuca toda se amontoar na curva 1. Foram embora, de lá de trás não vi ninguém ficar!

Nessa bateria, os 3 primeiros colocados sobem para a Principal, mais o piloto que terminou na posição da metade do grid, que foi novato Fabio Asnis. Os 3 primeiros foram: Peti, Renan Chedid e Renan Costa, também novato.

As disputas, pelo pouco que vi, foram bem intensas. Não percebi ninguém se preocupando muito com a vaga da metade do grid. Acho que o Fabio nem sabe que foi ele, sabe?

A bateria principal recebeu os 15 melhores das sessões classificatórias. Bruno Temple deixou o tri-campeão Vinicius Neves lá para trás e fez uma corrida perfeita, com direito a pole position e volta mais rápida. Venceu quase que de ponta a ponta. No começo foi ultrapassado por Elton Andrade e João Luz, mas ao longo da corrida recuperou.

Vinicius terminou em sexto, tendo caído para nono durante a corrida. “Confesso que fiquei com medo de cair para a Acesso”, comentou via skype ontem a noite. Bruno Temple, na mesma conversa via skype emendou um “ViP Busters Movement” (Não tem a mínima ideia do que é isso? Os pilotos se encarregam de explicar.), para gargalhada geral.

Os 5 primeiros foram: Bruno Temple, Elton, Wagner Nascimento, Wagner Queiroz e o Jony. Aliás, recebi por e-mail a inscrição de mais uma equipe forte, a dos dois Wagner.

Queria ter assistido as corridas com maior cuidado, como torcedor e apreciador. Não deu.

Que venha agora a próxima etapa, que será, sem dúvida tão intensa quanto a primeira.

Depois coloco uma fotos aqui também.

0

Marca registrada

[photopress:marca_registrada.jpg,full,centered]

Começou na pista, com tudo o que tem direito. Fortíssimas emoções. Grids lotados, capacidade máxima mesmo. 85 PRO com 40 pilotos. SUPER 100 com 16. E mais chegando.

Ouvi comentários de tudo quanto é jeito. “Só tem cara de verde nesse lugar”. “Não vejo a hora de acelerar”. “Me ajuda que estou meio perdido”. “Que benção em Brunão”. “Bandeira azul é…”. “tô feliz de estar aqui”. “Deus é bom demais”. “Obrigado”. “Eu não acredito que fui penalizado”. “O cara do kart X me acertou de propósito”. “Onboard pra todo mundo!”. “Justiça”. “Bandeira”. “A galera tá com a faca nos dentes”. “Não sei não essas regras”. E por aí vai.

Vida de organizador de campeonato de kart amador não é fácil. Diretor de prova então! Sofrem mais que juiz de futebol. Talvez pelo nível intelectual dos bravos pilotos, que só não xingam a mãe do coitado. Sempre muito pertinentes e incrivelmente diretos quando o assunto é penalidade.

Discussões calorosas, nervos a flor da pele, ansiedade, e tudo o que envolve o mundo das competições é assim, fazer o que?

Nada oras. Essa é a graça da coisa toda, afinal.

Respeito é bom, todos nós gostamos. Mas qual é o limite? Julgar, atacar, acusar ou abraçar, orar e chorar? É o caminho? Falar sem pensar, culpa do nervosismo? Calma lá!

Proponho um desafio. Coloque-se no lugar do outro antes de tomar uma atitude. Ou até mesmo no lugar de Cristo antes agir! Como seria se o próprio Jesus estivesse pilotando um kart?

Antes que digam que estou sendo radical ou que o exemplo é tosco e inapropriado, digo: fomos criados para servir, amar, respeitar e agir conforme a vontade de Deus. Essa é a regra, é bíblico, queiramos ou não. Quem seguir viverá, do contrário, não quero nem imaginar.

E assim vamos vivendo, corrida após corrida que a vida nos presenteia, na esperança de vivenciarmos humildade, paciência, perdão, companheirismo, confraternização e, principalmente, respeito, marcas essas registradas da ASSEKA e assinadas, literalmente, assinadas em baixo por seus pilotos.

Certo?!

0

Pesquisa, com promoção.

[photopress:online_survey.jpg,full,centered] É, o dia vem! Estamos chegando mesmo! É sábado em, jamais esqueçam.

Bom, preciso de um favor, a fim de melhorar algumas coisas na ASSEKA.

Eis que criei uma pesquisa via Google (de fatos nos rendemos a ele) e gostaria muito, mas muito mesmo, de contar com o precioso tempo de vocês, caros amigos, para o preenchimento de tal formulário.

O mesmo encontra-se endereçado em https://spreadsheets0.google.com/viewform?formkey=dE9ZX3BXVXAxa08xMGszREFoUE14ckE6MQ, ou, se preferir, clique aqui.

Além disso, tem uma promoção na parada. Sortearei no dia 1º de março uma bateria de kart (25 minutos) no Kartódromo Granja Viana.

Regulamento

1) Participará apenas aquele que preencher o nome completo e o e-mail na pesquisa, além, claro de todas as demais perguntas.

2) O sorteio será realizado via site Random.org, no dia 1º de março, com divulgação do premiado no blog e twitter, a noite.

3) Para cada nome será associado um número, de 1 ao infinito, e a lista com essa associação também será divulgada instantes antes via twitter e blog.

4) Qualquer erro de preenchimento, ou do próprio Google em gerar o resultado da pesquisa, não tem nada a ver com a ASSEKA.

5) O prêmio estará disponível para uso apenas no dia 12 de março, a partir das 19h, em uma das baterias organizadas pela a ASSEKA, ou outro dia que o sorteado conseguir me convencer.

6) Acho que é só!

Participem, por favor, será de grande importância.

A pesquisa é para todo mundo que quiser participar, portanto, se não for pedir muito, divulguem!

Grato.

0

Lado a lado

[photopress:LOGOS_PATROCINADORES.gif,full,centered]

Quando Deus nos contempla com sua benção temos a certeza de que andamos no caminho certo. Assim tem sido a jornada da ASSEKA desde sua fundação em 2004. Tortuosa às vezes, mas fundamentada na palavra de Deus, que é nosso verdadeiro guia, com isso, repleta de vitórias.

A temporada 2011 ainda não começou, porém, já podemos contemplar Suas bênçãos.

UNS Idiomas, Crash Filmes, Boi 1000 Churrascaria e MaGer Elétrica são provas reais de que Deus tem um plano para cada um de nós. Essas empresas representam não apenas um apoio a ASSEKA ou ao esporte amador, mas a fidelidade e o compromisso que temos com o Pai.

Quando escuto ou leio testemunhos como o da matéria sobre os campeões de 2010, publicada ontem no site, onde um piloto diz que o que ele mais ganhou na ASSEKA foi fora das pistas, com as amizades que fez e com experiências que teve com Deus, percebo que não só a “estrutura” ASSEKA cresce, mas aqueles que nela estão também. E isso me deixa extremamente grato a Ele.

A rede está criada. Empresas e clientes estão lado a lado, até dentro da pista, acelerando atrás de vitórias.

Obrigado UNS Idiomas e Marcel Magalhães. Obrigado Crash Filmes e João Luz. Obrigado Boi 1000 Churrascaria e Adriano Albarracim. Obrigado MaGer Elétrica e Isaías Germano. Obrigado pela confiança depositada na ASSEKA e nos pilotos que a partir do dia 12 vestirão a camiseta verde representando suas marcas.

Que Deus continue dando prosperidade!

0

Campeões com força total na nova temporada

Esse título nos leva a uma novidade na ASSEKA. Inédita nos sites de campeonato de kart amador. Pelo menos não vi nada parecido até agora.

Mais novidades estão por vir, como alertei na festa e aqui mesmo, mas essa eu já posso anunciar oficialmente. Uma parceria com a jornalista Ana Paula Machado, que assinará as matérias, reportagens e entrevistas da ASSEKA.

A Ana é formada em jornalismo na Universidade Metodista do Estado de São Paulo e já assinou artigos no portal BOL, sites da Metodista entre outros.

A partir de hoje vocês serão contemplados com textos como o da matéria de capa que acabei de publicar no site da ASSEKA.

Leiam lá. Comentem acá!