Blog

Temporada 2012: Muito além de kart.

7907994500_daed052aa5_o_1

 

Neste segundo capítulo, uma espécie de entrevista, misturada com testemunho dos pilotos TOP 5 das categorias 85 PRO e SUPER 100, além do Campeão da Copa Maná/Open Kart GTBR ASSEKA, entre outros.

 

Gosto muito de testemunhos, são sempre enriquecedores. Verdadeiras fontes de motivação.

 

Então, chega de escrever, pois eles já escreveram demais! Boa leitura.

 

Samuel Bezerra

 

Você disputa diversos campeonatos de kart amador, e conquistou seu primeiro título na ASSEKA, na categoria 85 PRO, e um vice-campeonato na SUPER 100. O que isso representa para você? Como é quebrar uma sequencia de 4 títulos seguidos do Vinicius Neves?

 

Para falar sobre o titulo antes tenho que descrever o que é a ASSEKA.

 

Como estava no troféu, que é muito além de kart, estar com todos dessa família é muito bacana, é isso que eu sinto uma grande família, que como toda família tem altos e baixos, divergência de opiniões, sentimentos opostos, mas sempre para o bem comum.

 

É claro que ganhar tem um sentimento muito bacana, mas estar com todos para mim isso é muito melhor.

 

Sobre o Vinicius dispensa comentários, apesar de conhecê-lo pouco é um cara bacana e um piloto excelente, que infelizmente não teve uma boa temporada, mas espero ter boas disputas com ele.

 

Estou feliz de ser campeão, mas fiquei triste que deixei o titulo da SUPER 100 para o Marcel, (brincadeira) gosto muito do Marcel e claro não podia deixar o organizador do campeonato ganhar se não iria ficar com muita moral. Desde já acrescento que se por algum motivo alguém ficou chateado comigo peço desculpas.

 

Brincadeiras a parte quero deixar aqui meu relato, tenho orgulho de dizer que faço parte da ASSEKA, pelas pessoas que conheci, e espero estar mais próximo ano que vem, e principalmente pela seriedade e transparência dos organizadores, vai aqui meus parabéns.

 

Wagner Nascimento

 

Esse ano foi excelente para você, o que culminou com seu melhor resultado na ASSEKA. O vice-campeonato na 85 PRO tem sabor de título? O que faltou para ser campeão?

 

Realmente foi um ano muito bom!

 

O vice tem sabor de título sim devido à evolução na pilotagem que tive nos últimos anos, era um piloto muito quente, aprendi a ser mais frio na pista e isso me ajudou muito!

 

Acho que a única coisa que faltou para ser campeão foi a falta de sorte mesmo…haha Ainda na segunda etapa vinha com um kart bom lutando pelas primeiras posições quando me envolvi em um acidente, perdi muitas posições, igualmente nesta última etapa, tinha um kart bom e estava no bolo da frente, mas um acidente acabou me deixando pra trás… se tivesse conseguido me manter nessas duas etapas acho que conseguiria chegar mais forte para a briga pelo título… esse ano estou determinado, vim evoluindo a cada ano e o que falta agora é o título!

 

Clóvis Silva

 

Se não me engano sua meta era terminar entre os 10 primeiros colocados esse ano. 4º colocado – TOP 5 – é um belo resultado, não? O que você fez de diferente este ano em comparação as temporadas passadas?

 

A minha expectativa desde o começo do campeonato era ter uma posição melhor que a de 2011, acredito que eu fui o décimo ou nono, não me recordo, então o objetivo era estar entre os 10 melhores, mas se possível, com um resultado melhor.

 

O meu maior problema era a falta regularidade entre as corridas e na própria corrida, ou seja, no decorrer da prova eu vou perdendo posições e competitividade, o que no final traduzia em pontuação irregular durante o campeonato também.

 

Então o desafio maior em 2012, foi tentar ter uma regularidade maior na corrida e por consequência na pontuação também, disputando e brigando por posições a frente e não perdendo posições durante a prova, então foi nisso que eu foquei (ter mais regularidade).

 

Olhando a minha pontuação, eu consegui ter mais regularidade, mas ainda ando entre o 5º à 7º, então para a próxima temporada a ideia é continuar com a regularidade, mas agora em posições mais a frente. Vamos ver o que eu consigo!

 

Acredito que a falta de alguns pilotos (competitivos), como o Vini, Peti, Elton, Bruno Lanzo, Temple e Jony e etc, aliado a uma pequena evolução minha, contribuiu para este resultado, o que me deixa bastante contente.

 

Por enquanto o meu maior adversário, continua sendo eu mesmo (minhas limitações atuais e meus limites), mas acho que em um futuro próximo poderei pensar em ser campeão. Quem sabe?! KKK

 

Quero aproveitar e dizer que este foi mais um ano maravilhoso na ASSEKA, esta foi a minha terceira temporada e cada ano acho que o seu trabalho e os amigos que fazemos lá, são melhores. Acho que isso é igual vinho, quanto mais o tempo passa, melhor fica.

 

Graças a Deus, ao seu trabalho (perfeito) e todos os amigos e pessoas que temos neste grupo.

 

Conte comigo para a próxima temporada e parabéns por mais um ano.

 

Vinicius Neves

 

Na última etapa você conseguiu entrar no TOP 5. Como foi 2012 para você, depois de conquistar 4 títulos seguidos até a temporada passada? O título desse ano está em boas mãos?

 

Não dá pra dizer que foi um bom ano dentro da pista. Estava longe da minha melhor forma e em pelo menos 3 corridas peguei equipamentos muito aquém do mínimo necessário pra poder competir e acabei passeando na pista, além de ter perdido uma corrida por ter ficado doente. Mas mesmo apesar de tudo isso foi um ano divertido, com boas disputas e corridas emocionantes. Depois da primeira metade do campeonato meu objetivo foi ficar no TOP 5 e se desse sorte com os karts talvez um TOP 3. Como fiquei doente e peguei karts péssimos o TOP 5 ficou de bom tamanho.

 

Sem dúvida o título está em ótimas mãos, o Samuel foi o piloto mais regular e sempre anda muito rápido, foi quase impossível bater o cara esse ano. Agora é se preparar para temporada 2013, cuidar do preparo físico e quem sabe contar com melhores equipamentos já que felizmente não vamos correr só na Granja Viana. Que venha o Campeonato ASSEKA 2013!

 

Marcel Magalhães

 

Terceiro na 85 PRO, campeão na SUPER 100, e muito automobilismo em 2012, como patrocinador e piloto. Um título na ASSEKA, um campeonato amador, se comparado as suas grandes conquistas em campeonatos profissionais, tem algum “sabor”?

 

Terceiro porque o Sr me tirou pontos preciosos, injustamente, senão seria vice, ao menos….rs..

 

Tem o melhor dos sabores, visto que devo tudo a ASSEKA, foi com ela que iniciei, nas últimas 4 corridas do campeonato de 2010, foi lá que senti que podemos ser e compartilhar o “Muito além de kart” e assim só reforçou o gosto pela velocidade e que poderia iniciar, mesmo que no amador, esse caminho que hoje estou trilhando, como paulista do KGV, boas vitórias, agora nas 500 milhas, os testes em protótipos e este ano, acredito, em alguma categoria do automobilismo nacional.

 

É o sabor que podemos compartilhar, mesmo que em uma disputa nas pistas, grandes momentos, fiz grandes amigos, me ajudou a encarar algumas situações que ainda não tinha entendido como reagir, meu lado profissional vem se consolidando e melhorando, pelo “simples”fato de um dia ter entrado no site, visto e entendido que a ASSEKA, poderia ser a minha porta de entrada para que eu estava tanto a fim de fazer.

 

Valeu demais ASSEKA!

 

Daniel Pastore

 

Seu melhor resultado na ASSEKA, 4º colocado, merecidíssimo, tirando leite de pedra e conquistando bons resultados. Foi seu melhor ano na ASSEKA?

 

Repeti o mesmo resultado de 2010 onde fui 4º colocado com um pouco mais de folga. Já este ano foi mais difícil, pois tínhamos um grupo bem competitivo, mas foi muito bom. Ficar abaixo de feras como Marcel, Samuel e Bruno, fico muito satisfeito. E como eu venho dizendo que venha a temporada 2013 com mais emoção, pois iremos desfrutar de novos kartódromos, estarei com garra a mais, vou a busca do meu sonho, que é conquistar um primeiro lugar. Já tenho diversos 2º, 3º, 4º e muitos 5º…….. falta um só o primeiro.

 

Marcus Leão

 

Aos 45 minutos do segundo tempo, quando todo mundo achava que o churrasco seria pago por você ao seu parceiro de equipe, Tiago Franchi, um último lugar na última etapa, foi o suficiente para te colocar no TOP 5. Ano de resultados bons e ruins. O que aconteceu?

 

Eu avalio este ano como um ano ruim. Treinei pouco p/ as etapas e além disso acabei ganhando alguns quilos a mais com relação à 2011. Isso tudo fez com que não obtivesse os resultados que esperava, que por sinal acreditei que seriam bem melhores do que o ano anterior que também garanti um 5º lugar. Meu amigo Tiago está um pouco inconformado com o resultado, mas regras são regras e se me lembro bem esse tipo de situação serviu p/ o Daniel Pastore crescer na competição. Então faço das palavras do Marcel e do Tiago as minhas….churrasco por conta galera da ASSEKA, estão todos convidados! rsrs

 

Luiz de Campos

 

Você estreou esse ano na ASSEKA, foi campeão da Copa Maná e do Open Kart GTBR ASSEKA? De onde vem tanta habilidade? Quais são seus planos para o futuro?

 

A habilidade que tenho no kart hoje veio de ter as oportunidades de poder correr com vários pilotos que corriam melhor que eu. Quando comecei a correr de kart, eu já conseguia acompanhar os caras em 1o e 2o nas baterias abertas, mas quando comecei a competir, eu percebi quanto eu melhorei quando eu corria e falava com pilotos muito experientes.

 

O que também me ajudou a melhorar foi a oportunidade de correr na Copa São Paulo, porque eu treinava todos os fins de semana com o meu técnico, e com as dicas dele melhorei ainda mais.

 

Em termos de kart, eu vou continuar correndo nos campeonatos amadores, e talvez correr de novo na Copa SP. Como eu adoro correr, com certeza não ia parar de fazê-lo. Tenho planos de estudar na Inglaterra ou nos Estados Unidos quando terminar a escola, mas ainda não tenho certeza do que eu vou fazer depois da universidade.

 

André Vergamini

 

Você foi o melhor estreante da ASSEKA esse ano na SUPER 100. Como foi a experiência de participar de um campeonato de kart amador? Você esperava terminar entre os 10 primeiros na classificação final?

 

Fiquei muito feliz com este feito. A experiência foi fantástica, apesar de ser um campeonato amador, me surpreendeu muito a organização e seriedade com que é realizado cada evento. Tive a oportunidade de participar de todas as etapas e confesso que aprendi muito, fiz amigos, dei risadas, fiquei bravo em alguns momentos, mas principalmente me diverti muito!!!! Agradeço a ASSEKA e a todos que contribuíram para este campeonato maravilhoso realizado!!! Que 2013 com as novas pistas e traçados seja ainda mais emocionante!!!

No Comment

0

Sorry, the comment form is closed at this time.